Cirurgia de Tireóide

A cirurgia a tiróide compreende procedimentos de ressecção que variam desde a retirada de um nódulo separadamente, até a ressecção completa da glândula.
O tipo de cirurgia a ser realizado para cada tipo de patologia deve ser cuidadosamente estudado, e sofre algumas variações de conduta, para certas patologias, de acordo com a conduta de cada serviço ou cirurgião.
Como toda cirurgia, em qualquer segmento do corpo humano, existe risco potencial de complicações. A cirurgia da tiróide comporta, em especial, chance potencial de lesão dos nervos laríngeo recorrente, laríngeo superior e glândulas paratireóides. Estudos dos grandes serviços de cirurgia demonstram variação no índice de complicações, entre 0,4 a 5% das tireoidectomias realizadas.


Lobectomia Unilateral

Ressecção do lobo esquerdo da tiróide e istmo. Utilizada para tratamento de nódulo unilateral benigno. Alguns serviços utilizam esta técnica como cirurgia curativa do carcinoma papilífero da tiróide.

Tiroidectomia Parcila Bilateral

Ressecção parcial de ambos lobos tireoidianos e total do istmo, restando cerca de 6 gramas de tecido glandular. Cirurgia padrão para tratamento Hipertiroidismo - Bócio Multinodular Tóxico,

Tiroidectomia Total

Ressecção de toda tireóide, utilizada para tratamento de tumores malignos tiroidianos.

Seguidores

Live Traffic Feed